O Palotinense - Palotina Notícias

Paraná vai ampliar oferta de educação integral para 2020

A rede estadual de ensino terá 79 escolas com turmas de ETI no próximo ano letivo.
Paraná vai ampliar oferta de educação integral para 2020

Paraná vai ampliar oferta de educação integral para 2020

AEN

Quinze escolas da rede estadual do Paraná vão ser exclusivamente de Educação em Tempo Integral (ETI) em 2020. A iniciativa vem ao encontro da meta do Estado de ter, até 2025, 60% das matrículas nessa modalidade. Em 13 escolas, o tempo integral será ofertado tanto para turmas de Ensino Fundamental II quanto de Ensino Médio. As outras duas são somente de Ensino Médio. Com isso, a rede estadual de ensino terá 79 escolas com turmas de ETI no próximo ano letivo.

A ETI tem como uma de suas premissas a Pedagogia da Presença, que propõe ao aluno assumir o papel de protagonista no processo de ensino e aprendizagem. Já o professor não deve atuar somente com foco na docência, mas também de modo a inspirar os estudantes na construção de um mundo melhor.

Com essa modalidade de ensino, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte visa a formação integral do indivíduo ética, cultural, política, física e cognitivamente. Auxilia, ainda, o jovem a organizar melhor o seu tempo. O secretário Renato Feder diz que o plano é levar o ensino em tempo integral para mais escolas nos próximos três anos.

“O ensino em tempo integral amplia as possibilidades de aprendizado do estudante, o coloca em contato com outras disciplinas, com novos conhecimentos” diz. Segundo ele, nas escolas com ensino integral haverá aulas de empreendedorismo e programação, por exemplo. “Mais tempo na escola significa uma formação mais completa, mais preparação para o que o jovem vai encontrar lá fora”, afirma Feder.

COMO FUNCIONA - As escolas em tempo integral funcionarão em turno único. São nove aulas por dia, com uma hora de almoço e dois intervalos de 15 minutos, totalizando nove horas diárias de atividades e 45 horas semanais.

Além das disciplinas do Referencial Curricular do Paraná, serão ofertadas matérias eletivas aos estudantes, que buscam desenvolver as competências previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) - conhecimento; pensamento científico, crítico e criativo; repertório cultural; comunicação; cultura digital; trabalho e projeto de vida; argumentação; autoconhecimento e autocuidado; empatia e cooperação; responsabilidade e cidadania.

A ideia é que as eletivas sejam modificadas a cada semestre e tenham abordagem interdisciplinar, desenvolvidas por diferentes professores. Ainda, será dada ênfase a práticas experimentais em laboratório para as disciplinas de Química, Física, Matemática e Biologia.

O ementário das disciplinas do primeiro semestre de 2020 está em fase de revisão pelo Departamento de Desenvolvimento Curricular da Secretaria da Educação.

JOVEM COMO PROTAGONISTA - O protagonismo juvenil e o projeto de vida dos estudantes compõem o eixo central do modelo pedagógico das escolas com tempo integral. Com isso, busca-se orientar o adolescente para descobrir aonde ele quer chegar e, assim, ajudá-los nessa jornada.

Nessas escolas, serão fomentados Clubes de Protagonismo, desenvolvidos pelos próprios estudantes para que eles possam explorar em conjunto seus interesses. “É importante que a escola esteja mais conectada com a realidade dos nossos alunos”, diz o secretário. Para ele, o estudante precisa ser capaz de se tornar um cidadão, de entender a dinâmica da sociedade e do mundo em que ele vive e como vai atuar e ser um protagonista da sua vida.

Ainda, os professores serão incentivados a ocupar um espaço de mentoria, indicados pelos alunos com base na afinidade, para que possam ser sanadas dúvidas a respeito dos conteúdos trabalhados em sala.

OUVIR NOTÍCIA

Quinze escolas da rede estadual do Paraná vão ser exclusivamente de Educação em Tempo Integral (ETI) em 2020. A iniciativa vem ao encontro da meta do Estado de ter, até 2025, 60% das matrículas nessa modalidade. Em 13 escolas, o tempo integral será ofertado tanto para turmas de Ensino Fundamental II quanto de Ensino Médio. As outras duas são somente de Ensino Médio. Com isso, a rede estadual de ensino terá 79 escolas com turmas de ETI no próximo ano letivo.

A ETI tem como uma de suas premissas a Pedagogia da Presença, que propõe ao aluno assumir o papel de protagonista no processo de ensino e aprendizagem. Já o professor não deve atuar somente com foco na docência, mas também de modo a inspirar os estudantes na construção de um mundo melhor.

Com essa modalidade de ensino, a Secretaria de Estado da Educação e do Esporte visa a formação integral do indivíduo ética, cultural, política, física e cognitivamente. Auxilia, ainda, o jovem a organizar melhor o seu tempo. O secretário Renato Feder diz que o plano é levar o ensino em tempo integral para mais escolas nos próximos três anos.

“O ensino em tempo integral amplia as possibilidades de aprendizado do estudante, o coloca em contato com outras disciplinas, com novos conhecimentos” diz. Segundo ele, nas escolas com ensino integral haverá aulas de empreendedorismo e programação, por exemplo. “Mais tempo na escola significa uma formação mais completa, mais preparação para o que o jovem vai encontrar lá fora”, afirma Feder.

COMO FUNCIONA - As escolas em tempo integral funcionarão em turno único. São nove aulas por dia, com uma hora de almoço e dois intervalos de 15 minutos, totalizando nove horas diárias de atividades e 45 horas semanais.

Além das disciplinas do Referencial Curricular do Paraná, serão ofertadas matérias eletivas aos estudantes, que buscam desenvolver as competências previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) - conhecimento; pensamento científico, crítico e criativo; repertório cultural; comunicação; cultura digital; trabalho e projeto de vida; argumentação; autoconhecimento e autocuidado; empatia e cooperação; responsabilidade e cidadania.

A ideia é que as eletivas sejam modificadas a cada semestre e tenham abordagem interdisciplinar, desenvolvidas por diferentes professores. Ainda, será dada ênfase a práticas experimentais em laboratório para as disciplinas de Química, Física, Matemática e Biologia.

O ementário das disciplinas do primeiro semestre de 2020 está em fase de revisão pelo Departamento de Desenvolvimento Curricular da Secretaria da Educação.

JOVEM COMO PROTAGONISTA - O protagonismo juvenil e o projeto de vida dos estudantes compõem o eixo central do modelo pedagógico das escolas com tempo integral. Com isso, busca-se orientar o adolescente para descobrir aonde ele quer chegar e, assim, ajudá-los nessa jornada.

Nessas escolas, serão fomentados Clubes de Protagonismo, desenvolvidos pelos próprios estudantes para que eles possam explorar em conjunto seus interesses. “É importante que a escola esteja mais conectada com a realidade dos nossos alunos”, diz o secretário. Para ele, o estudante precisa ser capaz de se tornar um cidadão, de entender a dinâmica da sociedade e do mundo em que ele vive e como vai atuar e ser um protagonista da sua vida.

Ainda, os professores serão incentivados a ocupar um espaço de mentoria, indicados pelos alunos com base na afinidade, para que possam ser sanadas dúvidas a respeito dos conteúdos trabalhados em sala.

Fonte

AEN

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Palotina
Serviço de Acolhimento incentiva Programa de Apadrinhamento Familiar
Serviço de Acolhimento incentiva Programa de Apadrinhamento Familiar
VISUALIZAR
Palotina
“Projeto de Vida” proporciona qualidade de vida e previne transtornos mentais entre os...
“Projeto de Vida” proporciona qualidade de vida e previne transtornos mentais entre os calouros da Uespar/Facitec
VISUALIZAR
Esportes
Flamengo e Vasco empatam em jogaço de 8 gols no Maracanã
Flamengo e Vasco empatam em jogaço de 8 gols no Maracanã
VISUALIZAR
Palotina
Acidente mobiliza Bombeiro Militar, SAMU e Policia Militar
Acidente mobiliza Bombeiro Militar, SAMU e Policia Militar
VISUALIZAR
Esportes
Chateaubriandense Léo será titular da Ponte Preta contra o CRB
Chateaubriandense Léo será titular da Ponte Preta contra o CRB
VISUALIZAR
Região
IPORÃ: Polícia Rodoviária de Iporã apreende mais de 30 quilos de maconha
IPORÃ: Polícia Rodoviária de Iporã apreende mais de 30 quilos de maconha
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )