O Palotinense - Palotina Notícias

MENU
Logo
Segunda, 10 de agosto de 2020
Publicidade
Publicidade

Região

MARIPÁ - Casos de sarampo na região alertam maripaenses para necessidade de manter vacinação em D

O sarampo é uma infecção viral altamente contagiosa

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Com dois casos de sarampo confirmados na região, - um em Toledo e outro em Marechal Cândido Rondon - a Secretaria de Saúde de Maripá alerta a população sobre a necessidade de manter a carteira de vacinação em dia. A vacina é a forma mais efetiva de prevenção da doença e está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) do município.
No Brasil, a vacina de prevenção do sarampo é a tríplice viral, ou SRC, que protege contra três doenças virais: sarampo, caxumba e rubéola. De 1 a 29 anos, devem ser tomadas duas doses da vacina; de 30 a 49 anos, uma dose; e acima dos 50 anos, caso a pessoa queira tomar, a vacina é aplicada apenas com prescrição médica. Atualmente os bebês a partir de seis meses recebem a imunização e até os 11 meses estão revendo uma dose da vacina de sarampo, considerada dose zero, que não descarta as duas doses que irão receber aos 12 e aos 15 meses.
As pessoas que já tomaram as doses necessárias, não precisam se vacinar novamente. A vacina deve ser tomada apenas por aqueles que não tem comprovante da vacinação ou que não tomaram a quantidade de doses indicadas. Em caso de dúvidas, a orientação é de que o cidadão procure a UBS mais próxima.
O sarampo é uma infecção viral altamente contagiosa, transmitida por via aérea por meio da fala, espirro, tosse e respiração. Ela pode acometer todas as faixas etárias suscetíveis e tem maior gravidade em crianças e idosos. O vírus do sarampo pode levar a complicações como encefalite, meningite e pneumonia.

Fonte/Créditos: ASSESSORIA DE IMPRENSA E COMUNICAÇÃO

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )