O Palotinense - Palotina Notícias

MENU
Logo
Domingo, 27 de setembro de 2020
Publicidade
Publicidade

Mensagem do Dia

Lamento esperançoso

Mas, lá do fundo do poço, invoquei teu nome, Senhor. v.55

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Visitar o Parque Nacional Clifton Heritage em Nassau, Bahamas, é revisitar um momento trágico da história. Onde a terra encontra o mar, os degraus de pedra levam a um penhasco. Os escravos trazidos de barco no século 18 subiam aqueles degraus, deixando a família para trás para iniciar uma vida de tratamento desumano. No alto, há um memorial a esses escravos. Árvores de cedro foram entalhadas no formato de mulheres olhando para o mar, em direção à sua terra natal e à família que perderam. E cada escultura carrega marcas do chicote do capataz.

As esculturas de mulheres lamentando o que perderam me lembram da importância de reconhecermos as injustiças e os sistemas falidos do mundo, e de lamentá-los. Lamentar não significa desesperar; ao contrário, é uma forma de ser sincero com Deus. Deveria ser uma postura comum aos cristãos; cerca de 40% dos Salmos são de lamento, e no livro de Lamentações, o povo de Deus clama por Ele após suas cidades terem sido destruídas por invasores (v.55).

Lamentar é uma reação legítima à existência do sofrimento, e coloca Deus no contexto da dor e do problema. Por fim, o lamento é esperança: quando lamentamos o que não está certo, chamamos a nós e aos outros à pro-atividade na busca de mudança.

E é por isso que o jardim de esculturas em Nassau recebeu o nome de “Gênesis” — o lugar de lamento é reconhecido como o lugar de novos começos.

Fonte/Créditos: Pão Diário

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )