O Palotinense - Palotina Notícias

MENU
Logo
Sábado, 04 de julho de 2020
Publicidade
Publicidade

Brasil e Mundo

Covid: sangue pode ser chave da cura

Os testes já começaram, com a inclusão dos primeiros voluntários com Covid-19

Imagem de capa
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

 

Um estudo realizado por cinco hospitais brasileiros começou a testar o uso de plasma sanguíneo em pacientes com a Covid-19. A pesquisa inclui 120 participantes e vai verificar se o plasma de pacientes já recuperados pode ajudar no tratamento de infectados pela doença.
O projeto de pesquisa é financiado pelo Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, por meio da empresa pública financiadora de inovação e pesquisa, a Finep, e faz parte da estratégia da redevírus mctic. A pesquisa obteve aprovação da comissão nacional de ética em pesquisa e envolve cinco instituições: o hospital das clínicas da faculdade de medicina da USP, Hospital das Clínicas da Universidade de Campinas, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto, Hospital Sírio-Libanês e o Hospital Israelita Albert Einstein.
Os testes já começaram, com a inclusão dos primeiros voluntários com Covid-19. Todos os voluntários apresentam a forma grave da doença, ainda não recebem ventilação mecânica e desenvolveram sintomas nos 10 dias que antecederam os testes. Os voluntários estão divididos em três grupos. Um grupo recebe 200 ml de plasma, outro grupo, 400 ml, e outra parte não recebe o plasma. Com essa metodologia vai ser possível fazer uma comparação e avaliar os efeitos da substância no organismo. Ao todo, cinco milhões de reais estão sendo investidos no estudo pelo mctic, através da Finep.

Comentários:

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )