O Palotinense - Palotina Notícias

Com gol de falta, Coritiba vence o campeão e fica a um empate do acesso

O Coritiba venceu por 1 a 0 o Bragantino, nesse domingo (dia 24) à tarde
Com gol de falta, Coritiba vence o campeão e fica a um empate do acesso

Com gol de falta, Coritiba vence o campeão e fica a um empate do acesso

Silvio Rauth Filho

O Coritiba venceu por 1 a 0 o Bragantino, nesse domingo (dia 24) à tarde, no Couto Pereira, pela 37ª e penúltima rodada da Série B. Com o resultado, o time paranaense ficou em 3º lugar, com 63 pontos, à frente do América-MG (4º lugar, com 61 pontos) e do Atlético-GO (5º com 61). O Bragantino já tinha o título e o acesso garantido antes dessa rodada. Entrou apenas para cumprir tabela. O Sport, segundo colocado com 67 pontos, também já subiu para a primeira divisão. Restam duas vagas, que são disputadas por três equipes: Coritiba, América-MG e Atlético-GO.

Na última rodada, o Coxa vai a Salvador enfrentar o Vitória. O América-MG joga em casa contra o São Bento. E o Atlético-GO recebe em Goiania o Sport.

O Coxa só precisa de um empate para subir. Se o Atlético-GO vencer na última rodada alcança a pontuação do time paranaense, mas fica atrás no critério de desempate (número de vitórias).

FASE
O técnico Jorginho soma 13 jogos no comando do Coritiba, agora com oito vitórias, quatro empates e uma derrota.

O time completou 12 jogos seguidos sem perder, com sete vitórias e cinco empates.

PÚBLICO
Com promoção de ingressos, a partida registrou o segundo maior público do Coritiba em 2019 no Couto Pereira, com 36.902 pagantes. O recorde foi contra o Cuiabá, na 5ª rodada, com 37.220.

ARBITRAGEM
Aos 44 do 1º, Serginho caiu na área ao dividir com Uillian Correia e pediu pênalti. O árbitro nada marcou. A imagem da TV dá a impressão de penalidade.

ESCALAÇÃO
Os desfalques do Coritiba eram Rodrigão, afastado pela comissão técnica, e Robson, suspenso. Rodrigão é o artilheiro do time na competição, com 13 gols em 33 jogos. Robson é o goleador da equipe no segundo turno, com cinco gols em 12 partidas. O esquema tático foi o 4-2-3-1 de sempre, com Rafinha (direita), Alano (esquerda) e Giovanni (centro) na linha de três. O Bragantino não contava com Júlio César, Morato e Rayan.

PRIMEIRO TEMPO
O Bragantino mostrou uma equipe organizada, com forte defesa e bom toque de bola, porém com pouco ímpeto ofensivo. O Coritiba não conseguiu controlar o meio-campo, mas na base da insistência levou perigo em três lances. O melhor foi aos 18 minutos, quando William Matheus cruzou rasteiro, Alano chutou na zaga e a bola sobra com o gol vazio para Rafinha, na pequena área. Ele chutou para fora e perdeu uma chance inacreditável. O time paulista só construiu uma boa jogada ofensiva na primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO
Depois do intervalo, o Bragantino voltou melhor. Já no 1º minuto, Mattioni saiu lesionado e entrou Diogo Mateus. Aos 23, saiu Rafinha e entrou Kelvin. O Coritiba avançou a partir dos 20 minutos, passou a pressionar a saída de bola e começou a dominar a partida. Aos 33, saiu o volante Matheus Sales e entrou o centroavante Wanderley, 31 anos, que não jogava desde setembro e só tinha atuado por 60 minutos em toda a temporada 2019. O gol veio aos 37, em cobrança de falta de Giovanni, de longa distância. A bola passou por baixo da barreira e entrou no cantinho. Aos 39, um susto para a torcida do Coritiba, com o Bragantino acertando uma bola no travessão.

ESTATÍSTICAS
Ao fim do jogo, o Coritiba somou 11 finalizações (4 certas), 42% de posse de bola, 74% de acerto nos passes e 5 escanteios. O Bragantino obteve 11 finalizações (1 certa e 1 na trave), 58% de posse de bola, 80% de acerto nos passes e 3 escanteios. Os números são do site Sofascore.

CORITIBA 1x0 BRAGANTINO
Coritiba: Alex Muralha; Felipe Mattioni (Diogo Mateus), Nathan Ribeiro, Sabino e William Matheus; Serginho e Matheus Sales; Alano, Giovanni e Rafinha (Kelvin); Igor Jesus (Wanderley). Técnico: Jorginho
Bragantino: Kewin; Aderlan, Ligger, Ortiz e Edimar; Baralhas e Uillian Correia; Pedro Naressi, Vitinho (Claudinho) e Bruno Tubarão; Matheus Peixoto (Roberson). Técnico: Antonio Carlos Zago
Gol: Giovanni (37-2º)
Cartões amarelos: Aderlan e Ligger (B)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Público: 36.902 pagantes
Local: Couto Pereira

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
1 – Aderlan cruza da direita. Peixoto cabeceia perto, sobre o gol.
6 – Rafinha cruza da direita. William Matheus cabeceia no centro. O goleiro segura.
18 – William Matheus cruza rasteiro. Igor Jesus domina e rola para Alano, na área. Ele chuta. A bola bate na zaga e sobra com o gol vazio para Rafinha, na pequena área. Ele chuta para fora e perde um gol feito.
36 – Giovanni dá carrinho e a bola sobra para Igor Jesus, na cara do gol. Ele chuta no canto, mas o gol é anulado por impedimento.
38 – Rafinha recebe na ponta-direita e rola para Serginho, na área. Ele chuta mal, para longe.
44 – Serginho cai na área ao dividir com Uillian Correia e pede pênalti.

Segundo tempo
1 – Edimar cruza da esquerda. Aderlan recebe livre na área, mas chuta mal, para fora.
12 – Diogo Mateus bate escanteio. Serginho cabeceia e o goleiro segura.
16 – Rafinha dispara na ponta e cruza com perigo. Igor Jesus não alcança.
22 – Aderlan entra livre na área e chuta cruzado. Muralha espalma.
34 – Falta frontal. Diogo Mateus cobra no cantinho. O goleiro espalma.
37 – Gol do Coritiba. Giovanni bate falta de longa distância e acerta no cantinho.
39 – Cruzamento da esquerda. Bruno Tubarão cabeceia a bola no travessão.

OUVIR NOTÍCIA

O Coritiba venceu por 1 a 0 o Bragantino, nesse domingo (dia 24) à tarde, no Couto Pereira, pela 37ª e penúltima rodada da Série B. Com o resultado, o time paranaense ficou em 3º lugar, com 63 pontos, à frente do América-MG (4º lugar, com 61 pontos) e do Atlético-GO (5º com 61). O Bragantino já tinha o título e o acesso garantido antes dessa rodada. Entrou apenas para cumprir tabela. O Sport, segundo colocado com 67 pontos, também já subiu para a primeira divisão. Restam duas vagas, que são disputadas por três equipes: Coritiba, América-MG e Atlético-GO.

Na última rodada, o Coxa vai a Salvador enfrentar o Vitória. O América-MG joga em casa contra o São Bento. E o Atlético-GO recebe em Goiania o Sport.

O Coxa só precisa de um empate para subir. Se o Atlético-GO vencer na última rodada alcança a pontuação do time paranaense, mas fica atrás no critério de desempate (número de vitórias).

FASE
O técnico Jorginho soma 13 jogos no comando do Coritiba, agora com oito vitórias, quatro empates e uma derrota.

O time completou 12 jogos seguidos sem perder, com sete vitórias e cinco empates.

PÚBLICO
Com promoção de ingressos, a partida registrou o segundo maior público do Coritiba em 2019 no Couto Pereira, com 36.902 pagantes. O recorde foi contra o Cuiabá, na 5ª rodada, com 37.220.

ARBITRAGEM
Aos 44 do 1º, Serginho caiu na área ao dividir com Uillian Correia e pediu pênalti. O árbitro nada marcou. A imagem da TV dá a impressão de penalidade.

ESCALAÇÃO
Os desfalques do Coritiba eram Rodrigão, afastado pela comissão técnica, e Robson, suspenso. Rodrigão é o artilheiro do time na competição, com 13 gols em 33 jogos. Robson é o goleador da equipe no segundo turno, com cinco gols em 12 partidas. O esquema tático foi o 4-2-3-1 de sempre, com Rafinha (direita), Alano (esquerda) e Giovanni (centro) na linha de três. O Bragantino não contava com Júlio César, Morato e Rayan.

PRIMEIRO TEMPO
O Bragantino mostrou uma equipe organizada, com forte defesa e bom toque de bola, porém com pouco ímpeto ofensivo. O Coritiba não conseguiu controlar o meio-campo, mas na base da insistência levou perigo em três lances. O melhor foi aos 18 minutos, quando William Matheus cruzou rasteiro, Alano chutou na zaga e a bola sobra com o gol vazio para Rafinha, na pequena área. Ele chutou para fora e perdeu uma chance inacreditável. O time paulista só construiu uma boa jogada ofensiva na primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO
Depois do intervalo, o Bragantino voltou melhor. Já no 1º minuto, Mattioni saiu lesionado e entrou Diogo Mateus. Aos 23, saiu Rafinha e entrou Kelvin. O Coritiba avançou a partir dos 20 minutos, passou a pressionar a saída de bola e começou a dominar a partida. Aos 33, saiu o volante Matheus Sales e entrou o centroavante Wanderley, 31 anos, que não jogava desde setembro e só tinha atuado por 60 minutos em toda a temporada 2019. O gol veio aos 37, em cobrança de falta de Giovanni, de longa distância. A bola passou por baixo da barreira e entrou no cantinho. Aos 39, um susto para a torcida do Coritiba, com o Bragantino acertando uma bola no travessão.

ESTATÍSTICAS
Ao fim do jogo, o Coritiba somou 11 finalizações (4 certas), 42% de posse de bola, 74% de acerto nos passes e 5 escanteios. O Bragantino obteve 11 finalizações (1 certa e 1 na trave), 58% de posse de bola, 80% de acerto nos passes e 3 escanteios. Os números são do site Sofascore.

CORITIBA 1x0 BRAGANTINO
Coritiba: Alex Muralha; Felipe Mattioni (Diogo Mateus), Nathan Ribeiro, Sabino e William Matheus; Serginho e Matheus Sales; Alano, Giovanni e Rafinha (Kelvin); Igor Jesus (Wanderley). Técnico: Jorginho
Bragantino: Kewin; Aderlan, Ligger, Ortiz e Edimar; Baralhas e Uillian Correia; Pedro Naressi, Vitinho (Claudinho) e Bruno Tubarão; Matheus Peixoto (Roberson). Técnico: Antonio Carlos Zago
Gol: Giovanni (37-2º)
Cartões amarelos: Aderlan e Ligger (B)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Público: 36.902 pagantes
Local: Couto Pereira

PRINCIPAIS LANCES
Primeiro tempo
1 – Aderlan cruza da direita. Peixoto cabeceia perto, sobre o gol.
6 – Rafinha cruza da direita. William Matheus cabeceia no centro. O goleiro segura.
18 – William Matheus cruza rasteiro. Igor Jesus domina e rola para Alano, na área. Ele chuta. A bola bate na zaga e sobra com o gol vazio para Rafinha, na pequena área. Ele chuta para fora e perde um gol feito.
36 – Giovanni dá carrinho e a bola sobra para Igor Jesus, na cara do gol. Ele chuta no canto, mas o gol é anulado por impedimento.
38 – Rafinha recebe na ponta-direita e rola para Serginho, na área. Ele chuta mal, para longe.
44 – Serginho cai na área ao dividir com Uillian Correia e pede pênalti.

Segundo tempo
1 – Edimar cruza da esquerda. Aderlan recebe livre na área, mas chuta mal, para fora.
12 – Diogo Mateus bate escanteio. Serginho cabeceia e o goleiro segura.
16 – Rafinha dispara na ponta e cruza com perigo. Igor Jesus não alcança.
22 – Aderlan entra livre na área e chuta cruzado. Muralha espalma.
34 – Falta frontal. Diogo Mateus cobra no cantinho. O goleiro espalma.
37 – Gol do Coritiba. Giovanni bate falta de longa distância e acerta no cantinho.
39 – Cruzamento da esquerda. Bruno Tubarão cabeceia a bola no travessão.

Fonte

Silvio Rauth Filho

Comentários

Quer mais artigos e as newsletters editoriais no seu e-mail?

Receba as notícias do dia e os alertas de última hora.
[CARREGANDO...]

Confira mais Notícias

Palotina
Acipa conquista Placa de Ouro em programa da Faciap
Acipa conquista Placa de Ouro em programa da Faciap
VISUALIZAR
Palotina
Lojas de Palotina terão Horário Especial de atendimento a partir de segunda-feira
Lojas de Palotina terão Horário Especial de atendimento a partir de segunda-feira
VISUALIZAR
Palotina
Qualificações certificam 358 pessoas em cursos profissionalizantes
Qualificações certificam 358 pessoas em cursos profissionalizantes
VISUALIZAR
Saúde e Alimentação
Estilo de vida saudável pode diminuir e até evitar complicações causadas pelo Diabete
Estilo de vida saudável pode diminuir e até evitar complicações causadas pelo Diabete
VISUALIZAR
Brasil e Mundo
Sobem para 594 os casos confirmados de sarampo no Paraná; 90% estão na RMC
Sobem para 594 os casos confirmados de sarampo no Paraná; 90% estão na RMC
VISUALIZAR
Brasil e Mundo
Bolsonaro sanciona lei que aumenta limite do saque imediato do FGTS
Bolsonaro sanciona lei que aumenta limite do saque imediato do FGTS
VISUALIZAR
Fale com a redação!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )